Home > Atualidade > Arte & Cultura > Festival de Choro e Samba: imagens do sábado

Search
Filter by Custom Post Type
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in comments
Search in excerpt

Atalhos de busca: Hospedagem, Gastronomia, Eventos, Passeios, Praias, Centro Histórico

{ "homeurl": "https://www.paratyonline.com/jornal/", "resultstype": "vertical", "resultsposition": "block", "itemscount": 5, "imagewidth": 70, "imageheight": 70, "resultitemheight": "auto", "showauthor": 0, "showdate": 0, "showdescription": 1, "charcount": 3, "noresultstext": "Sem resultados.", "didyoumeantext": "Você quis dizer:", "defaultImage": "https://www.paratyonline.com/jornal/wp-content/plugins/ajax-search-pro/img/default.jpg", "highlight": 0, "highlightwholewords": 1, "openToBlank": 1, "scrollToResults": 1, "resultareaclickable": 1, "autocomplete": { "enabled": 1, "googleOnly": 0, "lang": "pt", "mobile": 1 }, "triggerontype": 1, "triggeronclick": 1, "triggeronreturn": 1, "triggerOnFacetChange": 1, "trigger": { "delay": 300, "autocomplete_delay": 310 }, "overridewpdefault": 0, "override_method": "post", "redirectonclick": 0, "redirectClickTo": "results_page", "redirect_on_enter": 0, "redirectEnterTo": "results_page", "redirect_url": "?s={phrase}", "settingsimagepos": "left", "settingsVisible": 0, "hresulthidedesc": "1", "prescontainerheight": "400px", "pshowsubtitle": "0", "pshowdesc": "1", "closeOnDocClick": 1, "iifNoImage": "description", "iiRows": 2, "iiGutter": 5, "iitemsWidth": 200, "iitemsHeight": 200, "iishowOverlay": 1, "iiblurOverlay": 1, "iihideContent": 1, "loaderLocation": "auto", "analytics": 0, "analyticsString": "", "show_more": { "url": "?s={phrase}", "action": "ajax" }, "mobile": { "trigger_on_type": 1, "trigger_on_click": 1, "hide_keyboard": 0 }, "compact": { "enabled": 0, "width": "100%", "closeOnMagnifier": 1, "closeOnDocument": 0, "position": "static", "overlay": 0 }, "animations": { "pc": { "settings": { "anim" : "fadedrop", "dur" : 300 }, "results" : { "anim" : "fadedrop", "dur" : 300 }, "items" : "fadeInDown" }, "mob": { "settings": { "anim" : "fadedrop", "dur" : 300 }, "results" : { "anim" : "fadedrop", "dur" : 300 }, "items" : "voidanim" } }, "autop": { "state": "disabled", "phrase": "poco", "count": 10 } }

Festival de Choro e Samba: imagens do sábado

Daniela Spielmann e Áurea Martins deram shows impecáveis no palco da Praça da Matriz. Outros artistas renomados como Luiz Melodia, Paulinho da Viola e Zé da Velha, fazem parte da programação do evento que inclui shows de artistas locais.

O grande homenageado dessa primeira edição do Festival de Choro e Samba é o saxofonista, clarinetista, compositor e arranjador Paulo Moura.

Daniela Spielmann

Considerada uma das poucas saxofonistas brasileiras em atividade, a carioca Daniela Spielmann se destaca pela intensa atividade em várias frentes. Integrante do grupo de choro Rabo de Lagartixa, do trio feminino Mulheres em Pixinguinha, e do grupo instrumental Sincronia Carioca, ela lançou em 2001 um CD solo no Japão, Estados Unidos e Brasil, intitulado Brazilian Breath.

Além de outros projetos em andamento, a saxofonista e flautista grava todo final de semana o programa  Altas Horas da TV Globo, como integrante da banda feminina de Serginho Groisman, trabalhando em novos arranjos a cada semana. Realiza turnês mundiais e nacionais com os seus trabalhos, e tem os seus CDs indicados como melhores instrumentais do ano por jornais como O Globo e Estado de S. Paulo.

Entre os artistas que Daniela já acompanhou estão Sivuca, Jorge Ben, Sandra de Sá, Leny Andrade, Moreira da Silva, Zé Kéti, Carmen Costa, Nelson Sargento, Moraes Moreira, Branco Melo e Victor Biglione. Possui também ampla experiência em gravações, seja como solista, naipe ou como arranjadora.


Áurea Martins

Nascida no Rio de Janeiro, a cantora Áurea Martins iniciou sua carreira artística na década de 60. Ao longo desses anos, Áurea tem se apresentado em casas noturnas, participou de festivais e dos Songbooks Tom Jobim (Se é por falta de adeus) e Chico Buarque (Atrás da porta), além de outros Cds, como Ivor Lancellotti (Quando essa paixão me dominar), A lua e o Conhaque, de Délcio Carvalho (Melancolia), entre outros. No Cd Bordões, lançado em 90, em comemoração aos 50 anos de João de Aquino, Áurea cantou Barranco, composta por ele e Nei Lopes.

Em 2003, lançou seu primeiro Cd, brindando-nos com toda a sua experiência e versatilidade como intérprete. No repertório, Cidade vazia (Baden Powell e Lula Freire), Céu e mar (Johnny Alf), Tarde (Milton Nascimento e Márcio Borges), Morro velho (Milton Nascimento), Peito vazio (Cartola e Elton Medeiros), Guacyra (Hekel Tavares e Joracy Camargo), João Valentão (Dorival Caymmi), Homenagem ao mestre Cartola (Nelson Sargento), Liberdade (Dona Yvonne Lara e Délcio Carvalho), Viagem (João de Aquino e Paulo César Pinheiro) e A voz rouca da crooner (Ivor Lancellotti e Márcio Proença).