Home > Parceiros > Associação Cairuçu > Paraty, no ranking dos melhores lugares para a observação de aves

Search
Filter by Custom Post Type
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in comments
Search in excerpt

Atalhos de busca: Hospedagem, Gastronomia, Eventos, Passeios, Praias, Centro Histórico

{ "homeurl": "http://www.paratyonline.com/jornal/", "resultstype": "vertical", "resultsposition": "block", "itemscount": 5, "imagewidth": 70, "imageheight": 70, "resultitemheight": "auto", "showauthor": 0, "showdate": 0, "showdescription": 1, "charcount": 3, "noresultstext": "Sem resultados.", "didyoumeantext": "Você quis dizer:", "defaultImage": "http://www.paratyonline.com/jornal/wp-content/plugins/ajax-search-pro/img/default.jpg", "highlight": 0, "highlightwholewords": 1, "openToBlank": 1, "scrollToResults": 1, "resultareaclickable": 1, "autocomplete": { "enabled": 1, "googleOnly": 0, "lang": "pt", "mobile": 1 }, "triggerontype": 1, "triggeronclick": 1, "triggeronreturn": 1, "triggerOnFacetChange": 1, "trigger": { "delay": 300, "autocomplete_delay": 310 }, "overridewpdefault": 0, "override_method": "post", "redirectonclick": 0, "redirectClickTo": "results_page", "redirect_on_enter": 0, "redirectEnterTo": "results_page", "redirect_url": "?s={phrase}", "settingsimagepos": "left", "settingsVisible": 0, "hresulthidedesc": "1", "prescontainerheight": "400px", "pshowsubtitle": "0", "pshowdesc": "1", "closeOnDocClick": 1, "iifNoImage": "description", "iiRows": 2, "iiGutter": 5, "iitemsWidth": 200, "iitemsHeight": 200, "iishowOverlay": 1, "iiblurOverlay": 1, "iihideContent": 1, "loaderLocation": "auto", "analytics": 0, "analyticsString": "", "show_more": { "url": "?s={phrase}", "action": "ajax" }, "mobile": { "trigger_on_type": 1, "trigger_on_click": 1, "hide_keyboard": 0 }, "compact": { "enabled": 0, "width": "100%", "closeOnMagnifier": 1, "closeOnDocument": 0, "position": "static", "overlay": 0 }, "animations": { "pc": { "settings": { "anim" : "fadedrop", "dur" : 300 }, "results" : { "anim" : "fadedrop", "dur" : 300 }, "items" : "fadeInDown" }, "mob": { "settings": { "anim" : "fadedrop", "dur" : 300 }, "results" : { "anim" : "fadedrop", "dur" : 300 }, "items" : "voidanim" } }, "autop": { "state": "disabled", "phrase": "poco", "count": 10 } }

Paraty, no ranking dos melhores lugares para a observação de aves

birdwatching-paraty-ac-polEvento mundial Global Big Day, promovido pela universidade de Cornell, pode ser comparado a uma grande Olimpíada da observação de aves.

O time Sacis do Observatório de Aves – Instituto Butantan registrou 225 espécies de aves em 24 horas na Serra do Mar em Paraty.

Durante o Global Big Day, birdwatchers, sozinhos ou em times, lançaram-se na grande empreitada de registrar o maior número de espécies em apenas 24 horas. O propósito é nobre: construir um conhecimento coletivo que transcende linguagens e culturas para apoiar a causa da conservação no mundo.

Da extremidade mais ao sul da América do Sul até os Himalaias, da floresta tropical de Angola aos jardins de Nova Iorque, somos todos parte do mesmo time, trabalhando para aumentar nosso conhecimento sobre as aves, contando espécies e enviando os dados, como cientistas-cidadãos, para o eBird. Com isso contribuímos para um grande banco de dados que é fundamental ajudar os cientistas a entenderem mais sobre a distribuição e a biologia das aves.

Veja fotos:

A equipe do Observatório de Aves – Instituto Butantan, o “Sacis” foi do nível do mar até mais de 1.500 metros de altitude na Serra do Mar em Paraty, sempre atento a qualquer movimentação e sons, só abaixando os binóculos durante uma hora de sono e uma hora de almoço. O resultado foi uma das listas mais expressivas do mundo, com 225 espécies registradas em 24 horas.

Os cinco pesquisadores do Sacis contaram com o apoio local da Associação Cairuçu/Projeto Aves de Paraty, do Birds Parati e Ativa Rafting e Aventuras.

Além das espécies comuns, cuja presença na lista já era esperada, a determinação dos Sacis resultou no registro de algumas espécies raras e ameaçadas de extinção, como o formigueiro-de-cabeça-negra, o anambezinho, o não-pode-parar e a maria-leque. Outro destaque foi o registro de um grande número de espécies que só existem na Mata Atlântica, incluindo o gavião-pombo-grande, o entufado e o zidedê.

O desempenho impressionante dos Sacis reflete-se também na proporção de observadores de aves brasileiros engajados no Global Big Day. Unidos, observaram 1102 espécies, quase 60% de todas as aves do país! Passarinhando na Amazônia, Cerrado, Caatinga, Mata Atlântica, nos brejos, praias, florestas, campos e nas cidades, o total de espécies registrados pelos observadores brasileiros coloca o país em segundo lugar na grande Olimpíada das aves.

Confira: http://ebird.org/ebird/globalbigday?yr=bigday2015&m=

Comente esta matéria no Facebook:

Responder

Seu email não será publicado.Os campos marcados são obrigatórios *

*