Home > Atualidade > Arte & Cultura > Veja a programação do MIMO, maior festival gratuito de música instrumental do país. Evento vai até domingo 12/10

Search
Filter by Custom Post Type
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in comments
Search in excerpt

Atalhos de busca: Hospedagem, Gastronomia, Eventos, Passeios, Praias, Centro Histórico

{ "homeurl": "http://www.paratyonline.com/jornal/", "resultstype": "vertical", "resultsposition": "block", "itemscount": 5, "imagewidth": 70, "imageheight": 70, "resultitemheight": "auto", "showauthor": 0, "showdate": 0, "showdescription": 1, "charcount": 3, "noresultstext": "Sem resultados.", "didyoumeantext": "Você quis dizer:", "defaultImage": "http://www.paratyonline.com/jornal/wp-content/plugins/ajax-search-pro/img/default.jpg", "highlight": 0, "highlightwholewords": 1, "openToBlank": 1, "scrollToResults": 1, "resultareaclickable": 1, "autocomplete": { "enabled": 1, "googleOnly": 0, "lang": "pt", "mobile": 1 }, "triggerontype": 1, "triggeronclick": 1, "triggeronreturn": 1, "triggerOnFacetChange": 1, "trigger": { "delay": 300, "autocomplete_delay": 310 }, "overridewpdefault": 0, "override_method": "post", "redirectonclick": 0, "redirectClickTo": "results_page", "redirect_on_enter": 0, "redirectEnterTo": "results_page", "redirect_url": "?s={phrase}", "settingsimagepos": "left", "settingsVisible": 0, "hresulthidedesc": "1", "prescontainerheight": "400px", "pshowsubtitle": "0", "pshowdesc": "1", "closeOnDocClick": 1, "iifNoImage": "description", "iiRows": 2, "iiGutter": 5, "iitemsWidth": 200, "iitemsHeight": 200, "iishowOverlay": 1, "iiblurOverlay": 1, "iihideContent": 1, "loaderLocation": "auto", "analytics": 0, "analyticsString": "", "show_more": { "url": "?s={phrase}", "action": "ajax" }, "mobile": { "trigger_on_type": 1, "trigger_on_click": 1, "hide_keyboard": 0 }, "compact": { "enabled": 0, "width": "100%", "closeOnMagnifier": 1, "closeOnDocument": 0, "position": "static", "overlay": 0 }, "animations": { "pc": { "settings": { "anim" : "fadedrop", "dur" : 300 }, "results" : { "anim" : "fadedrop", "dur" : 300 }, "items" : "fadeInDown" }, "mob": { "settings": { "anim" : "fadedrop", "dur" : 300 }, "results" : { "anim" : "fadedrop", "dur" : 300 }, "items" : "voidanim" } }, "autop": { "state": "disabled", "phrase": "poco", "count": 10 } }

Veja a programação do MIMO, maior festival gratuito de música instrumental do país. Evento vai até domingo 12/10

Diogo Nogueira & Hamilton de Holanda

Diogo Nogueira & Hamilton de Holanda

Nomes como Paquito D’Rivera, Egberto Gismonti, Naná Vasconcelos, Diogo Nogueira, Seun Kuti e Hamilton de Holanda estão confirmados nesta edição do evento.

Depois de reunir mais de 100 mil pessoas nas ruas de Ouro Preto e Olinda para apresentações de nomes como Chick Corea, Jordi Savall, Trilok Gurtu e Bassekou Kouyate, o MIMO pega a estrada e desembarca em Paraty entre os dias 10 e 12 de outubro, seguindo para Tiradentes nos dias 17 a 19 de outubro.

Em sua 11ª edição em 2014, o festival se firma como polo de música plural e de valorização do patrimônio histórico brasileiro. Dirigido pela produtora cultural Lu Araújo (Lume Arte), ao lado do empresário de mídia, cultura e entretenimento Luiz Calainho (Holding L21 Participações) e da empresária de conteúdo e marketing Fernanda Cortez (220 Conteúdo), o MIMO é apresentado pelo Bradesco e TIM, com patrocínio do BNDES e apoio da Deloitte.

Egberto Gismonti

Egberto Gismonti

Apostando no que existe de mais variado em ritmos e culturas do mundo – da música clássica ao jazz, passando pela world music e tudo de mais representativo que existe na cena contemporânea –, o festival reúne nomes de mais de dez países, como Alemanha, Nigéria, Suíça, Escócia, Portugal, Cuba, Brasil, entre outros.

Filho do lendário pioneiro do afrobeat, Fela Kuti, o nigeriano Seun Kuti herdou a banda que acompanhava o pai, a Egypt 80, e vai levar a Paraty o último show da turnê antes do Fela Day, evento mundial que celebra o nascimento de Fela Kuti.

Diretamente de Cuba, o saxofonista e clarinetista Paquito D’Rivera irá apresentar o “Song for Maura” com os brasileiros do Trio Corrente. Esse trabalho é o resultado do caso de amor que Paquito tem com a música brasileira e que lhe rendeu o 14º Grammy de sua carreira e a indicação ao Grammy Latino. Gravado com o trio, Paquito abre sua turnê no país em Paraty, ao lado de Fabio Torres, Edu Ribeiro e Paulo Paulelli.

Naná Vasconcelos

Naná Vasconcelos

Além dos nomes internacionais, o MIMO recebe grandes craques brasileiros, como Diogo Nogueira e Hamilton de Holanda, que inspirados nos afro-sambas de Baden Powell e Vinicius de Moraes, se uniram com o objetivo de pensar sobre clássicos brasileiros e apresentarão o resultado do projeto Bossa Negra, na abertura do MIMO Paraty.

“Nosso objetivo é pluralidade e qualidade. Procuramos sempre trazer os melhores nomes da música instrumental do mundo para se apresentar no país de forma gratuita e, assim, realizar um trabalho de fomento e formação de plateia. Temos o prazer de receber em nossa 11ª edição nomes brilhantes de diferentes países e muitos estilos”, comemora a diretora artística do evento, Lu Araújo.

Confira a programação oficial MIMO 2014 em Paraty. Entrada franca!

CONCERTOS

10/10 – Sexta-feira

19h30 – Igreja da Matriz – Duo Zé Nogueira e Arthur Dutra (Brasil)
22h30 – Palco – LAU (Escócia)
00h30 – Palco – Bossa Negra com Diogo Nogueira e Hamilton de Holanda (Brasil)

11/10 – Sábado

16h30 – Palco – Custódio Castelo (Portugal)
19h30 – Igreja da Matriz – Egberto Gismonti (Brasil)
22h30 – Palco – Naná Vasconcelos e Lui Coimbra (Brasil)
00h30 – Palco – Seun Kuti & Egypt 80

12/10 – Domingo

17h – Palco – Vencedor do Prêmio MIMO Instrumental
21h30 – Palco – Paquito D’Rivera e Trio Corrente (Cuba/ Brasil)

Saiba mais: www.mimo.art.br

MOSTRA PANORAMA BRASIL

Seleção de filmes inéditos em circuito comercial, escolhidos por uma comissão de especialistas em cinema, através de inscrições pelo Portal MIMO.

Longas-metragens

TRIUNFO

Diretor: Caue Angeli e Hernani Ramos / Documentário |84 min | 2014| São Paulo/SP |Livre

Cinebiografia do pai do hip hop brasileiro, Nelson Triunfo, que completa 60 anos de uma vida dedicada à arte. Nascido no sertão pernambucano, o dançarino, compositor e ativista radicado em São Paulo é um dos precursores da black music no Brasil. Ao bater de frente com a ditadura militar para fincar as raízes da cultura de rua, entre as décadas de 1970 e 1980, tornou-se referência de toda uma geração. O filme traz depoimentos de nomes consagrados do hip hop nacional.

Filme vencedor do Festival In-Edit 2014: Melhor Documentário Musical pelo Júri Oficial

11/10 Paraty | Casa da Cultura | 19h

CAUBY- COMEÇARIA TUDO OUTRA VEZ

Diretor: Nelson Hoineff / Documentário | 90min|2013| Rio de Janeiro/RJ |12 anos

O filme aborda os constantes recomeços de Cauby Peixoto, que, em 60 anos de carreira, oscilou entre períodos de intenso sucesso e reclusão absoluta. Sua história é contada através de depoimentos de artistas como Marília Pera, Ney Matogrosso, Agnaldo Rayol, Ângela Maria, Caetano Veloso, Maria Bethânia e Agnaldo Timóteo. Familiares, jornalistas, fãs e figuras excêntricas que o idolatram por todo o Brasil completam o painel de depoimentos.

12/10 Paraty | Casa da Cultura | 19h

A LINHA FRIA DO HORIZONTE

Diretor: Luciano Coelho / Documentário | 97min | 2014| Curitiba, PR | Livre

Documentário sobre a obra e o pensamento de um grupo de cancionistas do Sul do Brasil, Argentina e Uruguai, que compartilham em sua obra, a paisagem e o sentimento do lugar em que vivem, ignorando as fronteiras entre os países. O brasileiro Vitor Ramil, os uruguaios Daniel e Jorge Drexler e o argentino Kevin Johansen são alguns dos artistas que, por meio de suas criações, refletem sobre as questões da identidade local e global, permeadas pelo frio.

10/10 Paraty | Casa da Cultura | 19h

DAMAS DO SAMBA

Diretor: Susanna Lira / Documentário: 76min | 2013| Rio de Janeiro/RJ | Livre

Desde que o samba surgiu no Rio de Janeiro, a presença feminina foi fundamental para a sua criação, manutenção e perpetuação. Musas, pastoras, tias, compositoras, passistas, madrinhas, carnavalescas, mulatas, intérpretes e operárias, elas formam um painel de cores, sentimentos e sons na representação desta cultura. O filme mostra a história dessas mulheres, reverenciando a sua contribuição para a construção deste enredo.

Menção Honrosa do Festival Internacional do Rio de Janeiro 2013

11/10 Paraty | Casa da Cultura | 17h30

Médias-metragens

SOBRE AMANHÃ

Diretor: Diego de Godoy e Rodrigo Pesavento / Documentário: 52min | 2012| Porto Alegre/RS| l16 anos

Documentário sobre o surgimento da banda DeFalla, uma das mais instigantes do chamado “novo rock brasileiro”, dos anos 1980, que teve uma trajetória diferente a cada disco. Em 2011, o grupo reuniu-se novamente para um show em comemoração aos 25 anos do primeiro álbum. Com o título de uma das melhores músicas desta safra, o documentário registra esta noite histórica e traz o impacto estético de seu surgimento na cena roqueira.

10/10 Paraty | Casa da Cultura | 17h30

PARE OLHE ESCUTE

Diretor: Katia Lund / Documentário: 52min | 2013| São Paulo/SP| Livre

A música invadiu as ruas, vielas e entrou pela janela das casas, dando cor e melodia a uma rotina, outrora tão opaca, em Barra Mansa, no interior do Rio de Janeiro. Desde que surgiu o projeto “Música nas Escolas”, a pequena cidade nunca mais foi a mesma. O filme mostra, com sensibilidade, a rotina dos jovens instrumentistas que realizam o sonho de sair em turnê com sua orquestra e a pianista convidada Simone Leitão pelas principais salas de concerto do Brasil.

12/10 Paraty | Casa da Cultura | 17h30

Curtas-metragens

SINFONIA

Diretor: Simon Pedro Brethé / Animação: 7min | 2012| Belo Horizonte/MG| Livre

Uma fantástica orquestra de notas musicais executa a música “Bolero”, de Maurice Ravel. Situações inusitadas vão acontecendo à medida que a música avança.

12/10 Paraty | Casa da Cultura | 17h30

PATATIVA – XIRI MEU “EU NÃO DOU”

Diretor: Tairo Lisboa / Documentário: 15min|2014|São Luís/MA| Livre

O documentário sobre a cantora e compositora Patativa surgiu como oportunidade de retratar uma figura importante do samba e da cultura popular maranhense. Dona de canções irreverentes e escrachadas, carrega a tradição do “samba madre divino”, sendo “Xiri meu” uma das mais conhecidas. Presença cativa nas rodas de samba e outras manifestações da cultura popular em São Luís, Patativa tornou-se um ícone, madrinha de diversos grupos e artista homenageada por blocos e escolas de samba.

10/10 Paraty | Casa da Cultura | 17h30

PSIU!

Diretor: Antônio Carrilho – Codireção: Juliana Lima / Documentário: 22min|2014|Recife/ PE| Livre

Cinebiografia do compositor Zé Dantas. Autor de letras como Sabiá, O Xote das Meninas, Riacho do Navio, Vozes da Seca entre outras. Zé Dantas, junto com seu amigo e parceiro Luiz Gonzaga deu vida e emoção a dezenas de canções que marcaram a história da música brasileira.

10/10 Paraty | Casa da Cultura | 19h

O HOMEM QUE PINTAVA MÚSICAS

Diretor: Jackson Abacatu / Animação: 15min|2013| Belo Horizonte, MG| Livre

Qual será o som de uma mancha vermelha? E do amarelo, com um pouquinho de cinza? Existe uma trilha sonora das montanhas ou a música do mar?

12/10 Paraty | Casa da Cultura | 19h

ATENCIOSAMENTE, LO TURCO

Diretor: Débora Guimarães / Documentário: 10min|2014|Rio de Janeiro/RJ| Livre

Em 1940, um músico amador encomenda um violino de Vincenzo Lo Turco, renomado luthier do Rio de Janeiro. A partir daí, inicia-se uma intensa troca de correspondências a respeito da fabricação do instrumento. Após a morte do músico, a viúva herda os cuidados com o violino, até precisar vendê-lo.

12/10 Paraty | Casa da Cultura | 19h

A CASA DO MÁRIO

Diretor: Luiz Bargmann Netto / Documentário: 26min|2013|São Paulo/SP| Livre

A partir de imagens de arquivo, peças de coleção, livros e discos do escritor, que tinha grande afinidade com a música, o filme lança um olhar sobre a morada de Mário de Andrade – o espaço de vivência familiar, social e de trabalho, que marcou sensivelmente o ilustre paulistano em grande parte de sua vida.

11/10 Paraty | Casa da Cultura | 19h

MOSTRA OUTRO OLHAR – LONGAS-METRAGENS

Filmes especialmente convidados pela direção do Festival MIMO que já fizeram a sua estreia nos cinemas, com grande sucesso de público e de crítica.

DOMINGUINHOS

Diretor: Joaquim Castro, Eduardo Nazarian e Mariana Aydar / Documentário: |2014 |São Paulo/SP | Livre

Um retrato do sanfoneiro, cantor e compositor Dominguinhos (1941 – 2013), discípulo de Luiz Gonzaga e autor de sucessos como “Eu só quero um xodó”, “Gostoso demais”, “De volta pro aconchego” e “Lamento sertanejo”. Sua obra é revivida em imagens de arquivo, derramando uma história que se multiplica em sons, versos e beleza.

11/10 Paraty | Igreja da Matriz | 18h

A MÚSICA SEGUNDO TOM JOBIM

Diretor: Dora Jobim e Nelson Pereira dos Santos / Documentário |2011 |São Paulo/SP | Livre

O extraordinário universo da música de Tom Jobim não cabe em palavras. Foi com esta ideia em mente e a sensibilidade aguçada que o diretor Nelson Pereira dos Santos, ao lado de Dora Jobim, se dispôs a encarar o desafio de desvendar, em filme, a trajetória musical do grande artista brasileiro, autor de uma obra eterna e de alcance internacional. Escolheram o caminho sensorial da imagem e do som para exibir a obra do compositor considerado, ao lado de Villa-Lobos, como um dos maiores expoentes de todos os tempos da nossa música.

Vencedor do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro de melhor longa-metragem de documentário em 2013
Homenageado no Festival de Cannes 2012

10/10 Paraty | Igreja da Matriz | 18h

Comente esta matéria no Facebook:

Responder

Seu email não será publicado.Os campos marcados são obrigatórios *

*