Home > Atualidade > Arte & Cultura > Programação de Maio Cineclube Paraty

Search
Filter by Custom Post Type
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in comments
Search in excerpt

Atalhos de busca: Hospedagem, Gastronomia, Eventos, Passeios, Praias, Centro Histórico

{ "homeurl": "http://www.paratyonline.com/jornal/", "resultstype": "vertical", "resultsposition": "block", "itemscount": 5, "imagewidth": 70, "imageheight": 70, "resultitemheight": "auto", "showauthor": 0, "showdate": 0, "showdescription": 1, "charcount": 3, "noresultstext": "Sem resultados.", "didyoumeantext": "Você quis dizer:", "defaultImage": "http://www.paratyonline.com/jornal/wp-content/plugins/ajax-search-pro/img/default.jpg", "highlight": 0, "highlightwholewords": 1, "openToBlank": 1, "scrollToResults": 1, "resultareaclickable": 1, "autocomplete": { "enabled": 1, "googleOnly": 0, "lang": "pt", "mobile": 1 }, "triggerontype": 1, "triggeronclick": 1, "triggeronreturn": 1, "triggerOnFacetChange": 1, "trigger": { "delay": 300, "autocomplete_delay": 310 }, "overridewpdefault": 0, "override_method": "post", "redirectonclick": 0, "redirectClickTo": "results_page", "redirect_on_enter": 0, "redirectEnterTo": "results_page", "redirect_url": "?s={phrase}", "settingsimagepos": "left", "settingsVisible": 0, "hresulthidedesc": "1", "prescontainerheight": "400px", "pshowsubtitle": "0", "pshowdesc": "1", "closeOnDocClick": 1, "iifNoImage": "description", "iiRows": 2, "iiGutter": 5, "iitemsWidth": 200, "iitemsHeight": 200, "iishowOverlay": 1, "iiblurOverlay": 1, "iihideContent": 1, "loaderLocation": "auto", "analytics": 0, "analyticsString": "", "show_more": { "url": "?s={phrase}", "action": "ajax" }, "mobile": { "trigger_on_type": 1, "trigger_on_click": 1, "hide_keyboard": 0 }, "compact": { "enabled": 0, "width": "100%", "closeOnMagnifier": 1, "closeOnDocument": 0, "position": "static", "overlay": 0 }, "animations": { "pc": { "settings": { "anim" : "fadedrop", "dur" : 300 }, "results" : { "anim" : "fadedrop", "dur" : 300 }, "items" : "fadeInDown" }, "mob": { "settings": { "anim" : "fadedrop", "dur" : 300 }, "results" : { "anim" : "fadedrop", "dur" : 300 }, "items" : "voidanim" } }, "autop": { "state": "disabled", "phrase": "poco", "count": 10 } }

Programação de Maio Cineclube Paraty

Cinema com entrada franca: os melhores filmes e curta metragens são projetados em 2 salas: na Casa da Cultura e no Espaço IPHAN (sobrado na esquina da Praça da Matriz) Confira a programação de maio de 2012.

O CURIOSO CASO DE BENJAMIN BUTTON


CASA DA CULTURA DE PARATY – Terças feiras às 19:30

Dia 1 – O CURIOSO CASO DE BENJAMIN BUTTON (dir. David Fincher, Drama, EUA, 2008, 2h47m, 12 anos)

Nova Orleans, 1918. Benjamin Button nasceu de forma incomum, com a aparência e doenças de uma pessoa em torno dos 80 anos mesmo sendo um bebê. Ao invés de envelhecer com o passar do tempo, Button rejuvenesce. Quando ainda criança ele conhece Daisy, da mesma idade que ele, por quem se apaixona. É preciso esperar que Daisy cresça, tornando-se uma mulher, e que Benjamin rejuvenesça para que, quando tiverem idades parecidas, possam enfim se envolver.

Dia 8 – UM DIA, UM GATO (dir. Vojtech Jasny, Comédia, Rep. Tcheca, 1963, 1h50ms, livre)

Uma alegoria poética que tenta decifrar as diferentes faces do ser humano. A história fala de um mágico e seu gato, que usa óculos e também tem dons de magia. Quando seus óculos são retirados, ele enxerga as pessoas com as cores que lhes definem a personalidade : os mentirosos aparecem roxos; os ladrões, cinzas; os falsos, amarelos; e os apaixonados, vermelhos.

Dia 15 – O EXPRESSO DA MEIA NOITE (dir. Alan Parker, Drama, EUA, 1978, 2hs, 18 anos)

Conta a dolorosa história de Billy Hayes, um jovem turista americano condenado à prisão na Turquia por sua tentativa tola de contrabandear haxixe para fora do país. Transformado em exemplo por um sistema legal corrupto e vítima de uma diplomacia ineficaz, Hayes é sentenciado a 30 anos e precisa sobreviver à brutalidade impiedosa e à sua própria derrocada rumo à loucura para poder sobreviver e, com esperança, fugir.

O EXPRESSO DA MEIA NOITE

Dia 22 – MELANCOLIA (dir. Lars Von Trier, Drama, Dinamarca e outros, 2011, 2hs10ms, 14 anos)

O tempo só serviu para afastar as irmãs Justine e Claire. Nem o casamento entre Justine e Michael  serve como desculpa para aproximá-las e, depois da cerimônia, Justine começa a ficar triste e melancólica. Quando o anúncio sobre a colisão da Terra com outro planeta chega ao conhecimento, as reações são bem diferentes. Justine está conformada, enquanto o desespero do iminente fim apavora Claire.

Dia 29 – FIEL (dir. Andrea Pasquini, Documentário, Brasil, 2008, 1h30ms, 12 anos)

Focado nos anos de 2007 e 2008, não é apenas um filme sobre futebol por um simples motivo : o Corinthians não é apenas um time. É nação, é família, é religião. Com imagens exclusivas e entrevistas inéditas de torcedores e jogadores, FIEL é uma história de amor, solidariedade, orgulho, raça e doação. Retrata a união mágica entre o clube e uma torcida que prometeu nunca o abandonar. Eles cumpriram a promessa. Um filme feito por, com e para corinthianos.

SALA IPHAN – Quartas feiras às 19:00

Dia 2 – CENTRAL DO BRASIL (dir. Walter Salles, Drama, Brasil, 1998, 1h52ms, 12 anos)

Dora escreve cartas para analfabetos na estação Central do Brasil. Nos relatos que ela ouve e transcreve, surge um Brasil desconhecido e fascinante, um verdadeiro panorama da população migrante, que tenta manter os laços com os parentes e o passado. Uma das clientes de Dora é Ana, que vem escrever uma carta com seu filho, Josué, um garoto de nove anos, que sonha encontrar o pai que nunca conheceu. Na saída da estação, Ana é atropelada e Josué fica abandonado. Mesmo a contragosto, Dora acaba acolhendo o menino e envolvendo-se com ele.

Dia 9 – LISBELA E O PRISIONEIRO  (dir. Guel Arraes, Comédia, Brasil, 2003, 1h50ms, 12 anos)

Baseada na obra de Osman Lins, conta a história do malandro, aventureiro e conquistador Leléu e da mocinha sonhadora Lisbela, que adora ver filmes americanos e sonha com os heróis do cinema. Lisbela está noiva e de casamento marcado, quando Leléu chega à cidade. O casal se encanta e passa a viver uma história cheia de personagens tirados do cenário nordestino. Eles vão sofrer pressões da família, do meio social e também com as suas próprias dúvidas e hesitações.

LISBELA E O PRISIONEIRO

Dia 16 – AS MÃES DE CHICO XAVIER (dir. Glauber Filho e Halder Gomes, Drama, Brasil, 2011, 1h49ms, 12 anos)

O médium Chico Xavier exerce grande influência sobre a vida de três mães neste filme. Ruth lida com o vício do filho adolescente; Elisa tem um marido ausente e vive em função do filho de cinco anos; e a jovem Lara passa por um dilema após uma gravidez não planejada. Seus destinos mudam drasticamente e as três mulheres, que vivem experiências fortes e distintas, encontrarão o conforto através de Chico Xavier.

Dia 23 – SANTIAGO (dir. João Moreira Salles, Documentário, Brasil, 2006, 1h47ms, livre)

Começa como um filme sobre o malogro de um filme que não foi montado. As imagens de Santiago foram rodadas em 1992, mas por incapacidade do diretor em editá-las, permaneceram intocadas por mais de 13 anos. Em 2005, o diretor voltou a elas. Queria compreender a razão de seu insucesso. Santiago havia sido o mordomo da casa em que crescera, um homem de vasta cultura e prodigiosa memória, cujas idiossincrasias deixaram uma marca profunda nas lembranças da família. Ao refletir sobre o tempo que separa a filmagem de 92 da edição de 2005/2006, o narrador, aos poucos, se aproxima do segredo do filme. Santiago é este lento processo de desvelamento, um filme sobre identidade, a memória e a própria natureza do documentário.

Dia 30 – ÁRIDO MOVIE (dir. Lírio Ferreira , Drama, Brasil, 2005, 1h58ms, 16 anos)

Narra a trajetória de Jonas, que, desgarrado da família desde pequeno, é apresentador da previsão do tempo em um canal de televisão em São Paulo. O inesperado assassinato do pai obriga-o a fazer uma jornada de retorno as suas origens. Mas Jonas desconhece o verdadeiro motivo de sua volta, solicitada pela avó, Dona Carmo, que escolhe-o para vingar a morte do pai e lavar a honra da família.