Home > Atualidade > Destaques > Paraty apresenta a 29ª edição do Festival da Cachaça, Cultura e Sabores

Search
Filter by Custom Post Type
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in comments
Search in excerpt

Atalhos de busca: Hospedagem, Gastronomia, Eventos, Passeios, Praias, Centro Histórico

{ "homeurl": "http://www.paratyonline.com/jornal/", "resultstype": "vertical", "resultsposition": "block", "itemscount": 5, "imagewidth": 70, "imageheight": 70, "resultitemheight": "auto", "showauthor": 0, "showdate": 0, "showdescription": 1, "charcount": 3, "noresultstext": "Sem resultados.", "didyoumeantext": "Você quis dizer:", "defaultImage": "http://www.paratyonline.com/jornal/wp-content/plugins/ajax-search-pro/img/default.jpg", "highlight": 0, "highlightwholewords": 1, "openToBlank": 1, "scrollToResults": 1, "resultareaclickable": 1, "autocomplete": { "enabled": 1, "googleOnly": 0, "lang": "pt", "mobile": 1 }, "triggerontype": 1, "triggeronclick": 1, "triggeronreturn": 1, "triggerOnFacetChange": 1, "trigger": { "delay": 300, "autocomplete_delay": 310 }, "overridewpdefault": 0, "override_method": "post", "redirectonclick": 0, "redirectClickTo": "results_page", "redirect_on_enter": 0, "redirectEnterTo": "results_page", "redirect_url": "?s={phrase}", "settingsimagepos": "left", "settingsVisible": 0, "hresulthidedesc": "1", "prescontainerheight": "400px", "pshowsubtitle": "0", "pshowdesc": "1", "closeOnDocClick": 1, "iifNoImage": "description", "iiRows": 2, "iiGutter": 5, "iitemsWidth": 200, "iitemsHeight": 200, "iishowOverlay": 1, "iiblurOverlay": 1, "iihideContent": 1, "loaderLocation": "auto", "analytics": 0, "analyticsString": "", "show_more": { "url": "?s={phrase}", "action": "ajax" }, "mobile": { "trigger_on_type": 1, "trigger_on_click": 1, "hide_keyboard": 0 }, "compact": { "enabled": 0, "width": "100%", "closeOnMagnifier": 1, "closeOnDocument": 0, "position": "static", "overlay": 0 }, "animations": { "pc": { "settings": { "anim" : "fadedrop", "dur" : 300 }, "results" : { "anim" : "fadedrop", "dur" : 300 }, "items" : "fadeInDown" }, "mob": { "settings": { "anim" : "fadedrop", "dur" : 300 }, "results" : { "anim" : "fadedrop", "dur" : 300 }, "items" : "voidanim" } }, "autop": { "state": "disabled", "phrase": "poco", "count": 10 } }

Paraty apresenta a 29ª edição do Festival da Cachaça, Cultura e Sabores

O evento acontecerá nos dias 18, 19, 20 e 21 de Agosto no Areal do Pontal. Paraty vem festejando suas pingas há vinte e nove anos consecutivos, sempre no terceiro fim de semana de agosto.

Criado no início dos anos oitenta com o objetivo de resgatar e divulgar o produto paratiense por excelência há mais de 300 anos, o Festival da Pinga de Paraty vai ser animado este ano com shows de Jonathan e Alan Di, Barra da Saia, JPG e Michel Teló.

A aguardente, subproduto da cana de açucar, sempre esteve ligada ao Brasil desde seus primórdios. Os primeiros engenhos que se tem notícias no Brasil Colônia foram construidos em 1533 e 1541, na Capitania de São Vicente, vizinha à Paraty. Embora não existam referências escritas sobre o efetivo início na produção da bebida na Colônia ou em Paraty, Luiz da Câmara Cascudo opina que a aguardente brasileira nasceu por volta de fins do século XVI.

Mesmo sem ter sido pioneira na produção da aguardente de cana, Paraty – “quer pelas suas terras, quer pelas suas aguas ou lenhas” ou ainda pelos segredos da própria alambicagem – foi a mais importante região produtora de pinga no Brasil Colônia. Não apenas na Corte como na Colônia, todos pediam uma dose de paraty quando desejavam uma simples aguardente. Podemos afirmar, sem constrangimento, que a pinga é Paraty.

A pinga produzida em Paraty fez tanta fama pela sua qualidade, segundo Monsenhor Pizarro e outros historiadores, que custava mais caro que todas as demais comecializadas no país ; e sua importância sócio-econômica foi tão grande desde 1700 que acabou emprestando seu próprio nome (paraty) como sinônimo de aguardente até pelo menos meados do século XX.

Embora aquele nome tenha perdido seu significado como sinonímia, a cidade vem organizando, desde 1983, o Festival da Pinga, objetivando basicamente o resgate e a divulgação do mais famoso produto local, fabricado há mais de 300 anos, sempre de modo artesanal.

Programação

21:30 Quinta – Jonathan e Alan Di
22:00 Sexta – Barra da Saia
22:00 Sábado – JPG
21:30 Domingo – Michel Teló