Home > Parceiros > Associação Cairuçu > Operação de fiscalização ambiental na região obteve ótimos resultados

Search
Filter by Custom Post Type
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in comments
Search in excerpt

Atalhos de busca: Hospedagem, Gastronomia, Eventos, Passeios, Praias, Centro Histórico

{ "homeurl": "http://www.paratyonline.com/jornal/", "resultstype": "vertical", "resultsposition": "block", "itemscount": 5, "imagewidth": 70, "imageheight": 70, "resultitemheight": "auto", "showauthor": 0, "showdate": 0, "showdescription": 1, "charcount": 3, "noresultstext": "Sem resultados.", "didyoumeantext": "Você quis dizer:", "defaultImage": "http://www.paratyonline.com/jornal/wp-content/plugins/ajax-search-pro/img/default.jpg", "highlight": 0, "highlightwholewords": 1, "openToBlank": 1, "scrollToResults": 1, "resultareaclickable": 1, "autocomplete": { "enabled": 1, "googleOnly": 0, "lang": "pt", "mobile": 1 }, "triggerontype": 1, "triggeronclick": 1, "triggeronreturn": 1, "triggerOnFacetChange": 1, "trigger": { "delay": 300, "autocomplete_delay": 310 }, "overridewpdefault": 0, "override_method": "post", "redirectonclick": 0, "redirectClickTo": "results_page", "redirect_on_enter": 0, "redirectEnterTo": "results_page", "redirect_url": "?s={phrase}", "settingsimagepos": "left", "settingsVisible": 0, "hresulthidedesc": "1", "prescontainerheight": "400px", "pshowsubtitle": "0", "pshowdesc": "1", "closeOnDocClick": 1, "iifNoImage": "description", "iiRows": 2, "iiGutter": 5, "iitemsWidth": 200, "iitemsHeight": 200, "iishowOverlay": 1, "iiblurOverlay": 1, "iihideContent": 1, "loaderLocation": "auto", "analytics": 0, "analyticsString": "", "show_more": { "url": "?s={phrase}", "action": "ajax" }, "mobile": { "trigger_on_type": 1, "trigger_on_click": 1, "hide_keyboard": 0 }, "compact": { "enabled": 0, "width": "100%", "closeOnMagnifier": 1, "closeOnDocument": 0, "position": "static", "overlay": 0 }, "animations": { "pc": { "settings": { "anim" : "fadedrop", "dur" : 300 }, "results" : { "anim" : "fadedrop", "dur" : 300 }, "items" : "fadeInDown" }, "mob": { "settings": { "anim" : "fadedrop", "dur" : 300 }, "results" : { "anim" : "fadedrop", "dur" : 300 }, "items" : "voidanim" } }, "autop": { "state": "disabled", "phrase": "poco", "count": 10 } }

Operação de fiscalização ambiental na região obteve ótimos resultados

A operação Mosaico Bocaina durou sete dias e envolveu 22 agentes federais e estaduais e teve como foco o combate à caça de animais silvestres, desmatamento, pesca ilegal e construções irregulares.

Material de caça apreendido

A operação Mosaico Bocaina foi realizada pelo ICMBio com o apoio do IBAMA, Polícia Federal, Capitania dos Portos, INEA, Batalhão Florestal/RJ e Parque Estadual da Serra do Mar.

Equipe de Fiscais embarcando em Lancha da Capitania dos Portos de Paraty

O objetivo foi coibir a prática de crimes ambientais cometidos no interior das unidades de conservação existentes na região sul fluminense – a Área de Proteção Ambiental de Cairuçu, o Parque Nacional da Serra da Bocaina, e a Estação Ecológica de Tamoios – que são unidades federais – e a Reserva Ecológica da Juatinga – gerida pelo governo estadual do RJ.

Construção irregular no litoral

A operação de fiscalização ambiental nas Unidades de Conservação de Paraty (RJ) e Ubatuba (SP) destruiu estruturas de apoio à caça de animais silvestres, e apreendeu barcos e instrumentos utilizados na prática de crimes ambientais, tendo resultado na prisão de dois infratores.

A operação Mosaico Bocaina investigou denúncias recebidas nas unidades de conservação, tendo resultado na emissão de 7 notificações, 3 autos de constatação e 11 autos de infração, com valor total de 295.000,00 reais em multas. Dois  infratores foram presos por porte ilegal de armas e de instrumentos de caça. No total, foram apreendidas 8 espingardas, 4 trabucos, rádios transmissores e armadilhas utilizadas na prática ilegal de caça de animais silvestres.

Madeira apreendida de corte ilegal na Mata Atlântica

Os agentes demoliram um rancho  que servia de abrigo para caçadores e uma edificação no interior do Parque Nacional da Serra da Bocaina; e uma edificação irregular no interior da APA Cairuçu, localizada em faixa marginal de curso d’água – considerada área de preservação permanente pela Lei 4771/65.

Na Estação Ecológica de Tamoios houve a apreensão de dois barcos de pesca em atividade irregular com 20 kg de garoupa. Na Área de Proteção Ambiental de Cairuçu e na Reserva Ecológica da Juatinga 6 construções foram autuadas e embargadas por estarem localizadas em APP ou por estarem em desacordo com os normas estabelecidas no plano de manejo da unidade de conservação.

Apreensão de madeira em serraria clandestina

20 edificações nesta mesma situação foram encontradas sem qualquer responsável no local sendo emitidas notificações de irregularidade ambiental. Uma serraria foi lacrada em Ubatumirim/SP, sendo apreendidos 8m³ de madeira de espécie nativa da mata atlântica, provavelmente extraídos do Parque Nacional da Serra da Bocaina.

Corte de árvore na Mata Atlântica

Operações como esta contribuem para coibir a prática de crimes ambientais no território do Mosaico Bocaina, que reúne unidades de conservação federais, estaduais e municipais entre o litoral norte do estado de São Paulo e sul do estado do Rio de Janeiro e Vale do Paraíba, região onde a Mata Atlântica ainda se encontra preservada. A mata atlântica é o bioma mais ameaçado do país, restando menos de 7% de sua cobertura original.

Fonte e fotos: ICMBio